Propostas do Orçamento Participativo da Câmara de Lagoa em votação aberta até 18 de julho

O Orçamento Participativo da Câmara de Lagoa, no Algarve, tem onze propostas finais em votação até ao dia 18 de julho, com um financiamento de 300 mil euros, informou hoje a autarquia.

O Orçamento Participativo permite aos cidadãos decidir o destino de uma parte do orçamento municipal, através de propostas que serão convertidas em projetos que contribuam para melhorar a qualidade de vida nos municípios.

Das onze propostas apuradas na primeira fase por técnicos autárquicos serão apuradas as duas que obtiverem maior número de votos, anunciou a Câmara de Lagoa em comunicado.

Os 300 mil euros destinado ao Orçamento Participativo serão repartido entre os projetos vencedores, embora possa abranger mais projetos, caso os dois mais votados não atinjam aquele valor.

As propostas selecionadas após a avaliação técnica municipal englobam reparações em escolas, requalificação de espaços públicos, ordenamento do trânsito, construções de circuitos de lazer e aquisição de viaturas para apoio social.

A votação das propostas, que decorre até ao dia 18 de julho, está aberta a todas as pessoas maiores de 18 anos residentes no município, podendo ser efetuada nas sedes das juntas de freguesia e nas instalações dos CTT de Ferragudo.