Orçamento Participativo de Odemira com 56 propostas dedicadas ao ambiente

Vão estar em concurso 22 propostas para o Orçamento. Podem votar todos os cidadãos a partir dos 14 anos e residentes em Odemira.

A Câmara Municipal de Odemira, no distrito de Beja, anunciou esta quarta-feira terem sido apresentadas 56 propostas para investimentos públicos ao abrigo do Orçamento Participativo (OP) deste ano, só dedicado ao ambiente e alterações climáticas.

De acordo com um comunicado da autarquia, vão estar em concurso 22 propostas para o Orçamento Participativo Municipal e 34 para os processos promovidos pelas 13 freguesias do concelho, num total de 56 projetos.

“A edição de 2020 apresenta a novidade de ser um OP municipal temático, exclusivamente dedicado ao ambiente e alterações climáticas, uma decisão tomada para potencializar a consciencialização para a sustentabilidade, preservação e conservação do meio ambiente”, explica a câmara.

As propostas apresentadas pelos cidadãos vão ser submetidas a análise técnica, até 15 de outubro, e estarão disponíveis para votação durante o mês de novembro.

Podem votar todos os cidadãos a partir dos 14 anos e residentes neste concelho do litoral alentejano.

O Orçamento Participativo Municipal tem o valor global de 300 mil euros, dividido em 150 mil euros para projetos promovidos nas freguesias do interior do concelho com menos de 1.500 habitantes e os restantes 150 mil euros para projetos nas freguesias do litoral ou com mais de 1.500 habitantes.

Para o processo de OP das freguesias, foram apresentadas 34 propostas, no valor máximo de 10 mil euros por freguesia.

Dinamizado desde 2011, “de forma ininterrupta”, o Orçamento Participativo integra a estratégia do município de Odemira para “potenciar o exercício da cidadania participada, ativa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho”.

Notícia disponível em: https://observador.pt/