QUATRO PROPOSTAS VENCEM OP 2017 DE GUIMARÃES
02 de Novembro de 2017

Quatro propostas, duas no âmbito da sustentabilidade ambiental, uma cultural e outra relacionada com voluntariado e solidariedade, venceram a edição deste ano do Orçamento Participativo.

As referidas propostas obtiveram mais de 500 votos, limite mínimo regulamentado para apurar as candidaturas vencedoras.
As propostas vencedoras pertencem aos cidadãos Maria Adelaide Andrade Silva («NATURunFE», - Vila de Ronfe, com 616 votos), Carlos Manuel Silva Marques («Reabilitação do Castro de Sabroso» - Freguesia de São Lourenço de Sande, com 572 votos), Ana Paula Peixoto Vilela («Projecto + Vida – Freguesia de Nespereira», com 558 votos) e Luís Carlos Oliveira Mendes («Circuito de manutenção na Freguesia de Prazins Santa Eufémia», com 518 votos).
A proposta «NATURunFE» tem como intuito dinamizar a utilização dos espaços verdes da vila de Ronfe, no sentido de valorizar os percursos pedonais existentes mas em desuso.
O projecto de reabilitação do Castro de Sabroso, consiste em possibilitar, por fases, as necessárias operações de restauro e consolidação das ruínas expostas. 
O projecto «+VIDA» tem como público-alvo os reformados/aposentados ou em regime de pré-reforma, e como tal, profissionalmente inativos e visa proporcionar uma infraestrutura de convívio e ocupação dos tempos livres.
Com o circuito de manutenção na freguesia de Prazins Santa Eufémia, além de reabilitar um espaço público de um circuito de manutenção, será possível disponibilizar à população recursos que incentivem e permitam a prática de desporto e convívio. 
15 propostas foram submetidas a votação nas áreas da Cultura, Ambiente e Sustentabilidade e Voluntariado e Solidariedade.  Segue-se agora uma fase de análise e reuniões com os proponentes tendo em vista a implementação das propostas eleitas pelos cidadãos de Guimarães. 

Ler artigo completo em: GUIMARÃES DIGITAL