Orçamento Participativo de Loulé garantiu instalações para o centro Refood de Almancil
03 de agosto de 2017

Foi inaugurada no passado sábado, 29 de julho, a obra de melhoramento das instalações do centro de operações da Refood de Almancil, a proposta vencedora nesta freguesia do Orçamento Participativo 2016, que consistia em efectuar uma intervenção que passou pela criação de uma casa modular, equipada com cozinha e WC, o que permitirá apoiar o trabalho desenvolvido por esta associação, nomeadamente no âmbito do Movimento Zero Desperdício.

Aquela que foi a proposta que recebeu o maior número de votações na freguesia de Almancil, na edição do ano passado do Orçamento Participativo, com um total de 884 votos, significou um investimento que ascende a 65 mil euros, sendo de recordar que este centro de operações, localizado na Rua Salgueiro Maia, junto à área destinada à realização dos mercados em Almancil, foi inaugurado em 2015.

O projeto Refood é um esforço eco humanitário e comunitário, 100% voluntário, efetuado por e para cidadãos, ao nível micro-local, para acabar com a fome nos bairros urbanos, fazendo o reaproveitamento dos desperdícios alimentares preparados, através da recolha de comida em restaurantes e a sua distribuição por famílias carenciadas, ao mesmo tempo que reforça laços comunitários locais.

A inauguração desta intervenção contou com a presença de  Hunter Halder, mentor do projeto, de Alexandra Brita, responsável da Refood Almancil, Vítor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé, e Joaquim Pinto, presidente da Junta de Freguesia de Almancil.

Ler artigo completo em: REGIÃO SUL