Leiria vai executar sete das oito propostas do Orçamento Participativo

Município de Leiria irá executar sete das oito propostas a votação no Orçamento Participativo deste ano, o que representará um investimento na ordem dos 320 mil euros. Ou seja, pouco mais de metade do valor que tinha sido alocado à presente edição (630 mil euros).

Entre as oito propostas a concurso, a mais votada, com 552 votos, foi a criação de uma zona de lazer e de desporto no pinhal da EB 2/3 Henrique Sommer, na Maceira, seguindo-se a instalação de iluminação pública na Rua General Norton de Matos, Leiria, com 292 votos, e a celebração dos 80 anos da Revolta do Milho no norte do concelho, com 128 votos.

A colocação de cobertura exterior (pérgula bioclimática) no Jardim de Infância da Caranguejeira e a disponibilização de um ecocentro móvel para a deposição de diferentes tipos de resíduos, a circular pelas freguesias, obtiveram, respetivamente, 67 e 55 votos.

Estas propostas serão também incluídas, para execução, no orçamento do município para o próximo ano, assim como a criação de um espaço museológico na antiga escola básica do Souto de Cima, na Caranguejeira, e a colocação de estátua/busto do Prof. José Hermano Saraiva no Jardim da Vala Real, ma cidade de Leiria, cada um com 21 votos.

Em comunicado, a Câmara de Leiria adianta que só não será executada a proposta para a colocação de uma cobertura exterior no Jardim de Infância/Escola Básica do Souto do Meio, na Caranguejeira.

Naquela nota, o município explica que o valor remanescente deste Orçamento Participativo – cerca de 310 mil euros – irá transitar para a edição do próximo ano.

Em 2021, foram apresentadas 42 propostas, tendo o júri admitido oito para votação. Este ano, registaram-se 1.170 votos, menos 952 do que no ano transato.


Notícia publicada pelo Jornal de Leiria.