Dois projectos transmontanos apoiados pelo Orçamento Participativo de Portugal
25 de setembro de 2017

Alex Rodrigues, de Pinela, no concelho de Bragança, submeteu a votação o projecto de “contos e lendas transmontanas” que tem como objectivo elaborar uma colecção de contos infantis que retracte uma história ou lenda de cada uma das freguesia dos municípios de Bragança e Vinhais num total de 65.
Preservar o passado, transmitir no presente e semear para o futuro é a chave desta ideia que obteve 760 votos e terá um apoio de 75 mil euros.
Também na área da cultura com 424 votos, foi beneficiado o projecto da companhia de Teatro Filandorra. O “Teatro e as Serras” pretende levar esta forma de arte às comunidades das serras de Bornes, de Montesinho, da Padrela e do Marão e Alvão, como explica David Carvalho, o director da companhia:
“Ao longo de dois anos vai ser criado um conjunto de interacções, com oficinas de formação, diálogo com as comunidades escolares e idosos.”
No projecto vão ser envolvidos escritores como Pires Cabral, Alexandre Perafita, Rentes de Carvalho e José Luís Peixoto.
Para David Carvalho o objectivo é dinamizar o território do interior e possibilitar a estas populações que tenham direito a usufruir de bens culturais.
Ao longo de dois anos a Filandorra vai poder implementar este projecto que garantiu um apoio de 100 mil euros, na primeira edição do orçamento participativo nacional.
O lançamento do projecto será feito na Festa da Montanha de Sambade, no sopé da Serra de Bornes, em Alfândega da Fé, a 4 e 5 de Novembro.

Ler artigo completo em: RÁDIO BRIGANTIA