Orçamento Participativo da União de Freguesias de Faro tem quatro vencedores

Já são conhecidos os resultados do Orçamento Participativo 2021 da União das Freguesias de Faro, cuja fase de votação, realizada no último mês, contou com a participação de 407 fregueses, escolhendo os projetos vencedores.

Esta edição tem previsto um montante de investimento de 60.000 euros e a implementação dos quatro projetos mais votados.

A proposta mais votada, com 181 votos, foi a proposta n.º 3, relativa à «Autosuficiência Energética nos edifícios da Associação Nossa Senhora dos Navegantes».

O objetivo passa por tornar estes edifícios autossuficientes a nível energético, com recurso exclusivo a fonte limpa e renovável, através da instalação de telha e/ou painéis fotovoltaicos, complementada com outras medidas de eficiência energética.

Este projeto está integrado nos objetivos do «Culatra 2030 – Comunidade Energética Sustentável».

Em seguida, com 123 votos, ficou a proposta de «Recuperação da fachada da Igreja de S. Francisco», que propõe uma verba destinada a obras nesta igreja para recuperação da fachada principal que atualmente se encontra em mau estado de conservação.

A Igreja de S. Francisco remonta aos finais do século XVII e é monumento de interesse público.

No 3.º lugar, ficou a proposta n.º 2, para a construção de um «Busto em honra ao Padre Henrique», homenagear o monsenhor Henrique Ferreira da Silva.

“O padre Henrique, como era popularmente conhecido, era um homem da cidade e um homem da cultura, de espírito aberto, acarinhado por todos e que ajudava, sobretudo, as pessoas dos escalões mais desfavorecidos, tendo servido Faro e os farenses durante mais de 44 anos”, assinala a união de freguesias.

Por último, a quarta proposta mais votada foi a da «Construção de campo de padbol», em localização a definir, e que se enquadra nos objetivos de promoção e diversificação do desporto junto da população.

Notícia disponível em Diário Online - Região Sul.